Última Chamada Perdida.

Ele levantou, caminhou até a mesa e olhou para o relógio, a ausência do tic tac mostrava que ele não poderia confiar no horário que era mostrado.

– Sempre domingo a tarde.

Ele pega o celular, trinta e duas chamadas não atendidas. O celular vibra, o visor mostra um número que não consta na agenda, mas que ele sabe a quem pertence.

– Quê?

– Como você está?

– Agora importa?

– Sempre importou…

– Não me importo.

– Você sempre na esquiva não é?

– Estou aprendendo a me defender.

– Você poderia me convidar para sair…

– Você continua a mesma.

– Ah, vai ser legal…

– Quando eu quiser fazer algo legal eu te ligo, ok?

– Espere…

Um arremesso, e ele nunca soube o final da frase.

Preferiu caminhar em direção ao vulto atrás da porta entreaberta.

Dicas, Sugestões, Comentários ou coisa que o valha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: