Motivos

Palavras presas na garganta, o ar entra nas narinas, o sangue corre por suas veias, mas você não sente, os olhos passeiam pelo horizonte, mas eu não vejo nada.

Não sei como consigo forças para manter estes passos, que já não fazem mais sentido, que nunca me levaram à lugar nenhum.

Mas eu não quero parar de andar, quero apenas motivos, motivos para continuar caminhando, motivos para não olhar pra trás

Dicas, Sugestões, Comentários ou coisa que o valha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: